terça-feira, 12 de outubro de 2010

A cada novo dia, uma nova escolha. A cada novo minuto, um nova decisão. Assim têm sido os dias de Rafael. A confusão entre saber se segue seu próprio coração ou o que todos dizem que é melhor para ele, existe. Todo o tempo. Mas Rafael é atrevido. Vai em busca do que provoca medo também. É o que seu coração pede. É o que ele precisa descobrir. Sozinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário